Sobre

Apresentação da Escola de Artes Liberais

A raiz da palavra Escola remonta aos tempos da longínqua Grécia Antiga, advindo da palavra grega “scholē”, cujo significado é “lazer” ou “diversão”, fato que nos revela que os os gregos consideravam o aprendizado como algo prazeroso e agradável. Da mesma forma, o termo também significa “folga” ou “descanso”, pois os helenos em seu tempo livre dedicavam-se ao afável ato de aprender.

Esse concepção original de Escola, afina-se perfeitamente com o conceito de Artes Liberais, cujo designo precípuo e maior é a busca pela Verdade Superior; auxiliando no caminho de liberação humana. Fazendo triunfar as virtudes dos homem, elevando seu espírito e promovendo a transcendência de sua consciência.

Considera-se que a Ciência e a Arte estão profundamente amalgamadas, pois a última revela-se como a utilização da primeira. A Ciência é o conhecimento e a Arte é a aplicação do mesmo, fortalecendo a alma humana e produzindo uma alta cultura.

O estudo das Artes Liberais é um fim em si mesmo. Por amor a ciência, elas são ensinadas, estudadas e aprendidas. Ampliando-se o conhecimento. Por esse motivo, são chamadas de “Liberais”, pois não há uma obrigatoriedade, homem a estuda pelo arbítrio de seu próprio querer, procurando sua libertação e engrandecimento espiritual.

Muito embora, tais artes tenha se originado na Antiguidade Clássica, foi durante a Idade Média, no Renascimento Carolíngio, no âmbito das Universidades, que adquiriu seu alcance e status de Studium Generale (Ensino de Excelência). Recebendo enfim, o merecido reconhecimento.

O objetivo da Escola de Artes Liberais é divulgar as Artes da Antiguidade, a Alta Cultura, a história e a filosofia que as permeiam, principalmente sob a perspectiva de Alcuíno de York. Nossos textos buscam uma interpretação transcendental da história e da filosofia e não o que é hoje ensinado nas cátedras.

Buscamos, da mesma forma que Alcuíno e Carlos Magno, reunir ciência, arte e espiritualidade de forma integrada e não cair nas falácias e tendências divisionistas da modernidade. Carlos Magno através de Alcuíno propôs uma nova Atenas no reino Franco. Hoje ambas academias ficaram na história e nossa maior aspiração é plantar no Brasil o estudo destas artes que podem restaurar a alta cultura em nosso país.

A Escola de Artes Liberais é um espaço e um instrumento de ação, que a exemplo do Liceu Ateniense e da Escola Palatina Franca venha .

Amor ao Conhecimento, por princípio, Aprendizado da Ciência e Aplicação da Arte.